“Gente bonita come fruta feia”. Esse é o lema do projeto criado por Isabel Soares em 2013, em Portugal. A ideia era encontrar uma alternativa de consumo para frutas, legumes e hortaliças dispensadas por razões estéticas, mas ainda boas para consumação. Tudo começou aos poucos, com um ponto de entrega em Lisboa e 100 associados. Hoje, são mais de 3 mil consumidores espalhados em sete pontos de entrega entre Lisboa e Porto. Os interessados se inscrevem no programa e, depois de aceitos, recolhem uma vez por semana, uma cesta de tamanho pequena ou grande (vai da escolha do consumidor) por um valor menor que dez euros.

A iniciativa já evitou que 544 toneladas de alimento fossem desperdiçadas pela aparência. E a intenção é continuar crescendo. Há mais de 6000 pessoas na lista de espera para se tornarem associados. Não seria ótimo se a moda pegasse aqui no Brasil? Para conhecer mais sobre, visite o site http://frutafeia.pt

Pin It on Pinterest