Cuidados necessários para uma viagem longa

Cuidados necessários para uma viagem longa

Época de férias pede aquela viagem especial, não é mesmo? E para quem vai encarar horas em um avião, carro ou ônibus o ideal é não se descuidar dos cuidados com a saúde. Segundo um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Osaka, no Japão, ficar por mais de cinco horas seguidas sentado pode aumentar até em 70% a probabilidade de embolia pulmonar.

Fique atenta para estes simples cuidados que podem evitar problemas de circulação:

– Não fique muito tempo parada. Tente se mexer, levantar e andar. Movimentando-se, o sistema circulatório se mantem bem condicionado.

– Escolher a cadeira do corredor facilita a liberdade de movimentos.

– Evitar consumir sal e produtos refinados.

– Lembre-se de beber bastante água. Ambientes fechados como aviões e ônibus costumam ter ar-condicionado, o que contribui para a desidratação.

– As meias ajudam a comprimir a musculatura das panturrilhas, exercendo uma ação imediata sobre os músculos que atuam no sistema venoso e auxiliam a circulação sanguínea.

4 dicas de cuidados com os pets no Verão

4 dicas de cuidados com os pets no Verão

O Verão chegou com tudo no Rio de Janeiro. E além dos cuidados que devemos tomar pessoalmente durante a estação, é importante garantir o conforto e a saúde dos pets, que costumam se incomodar com o calor da época. Confira algumas dicas para facilitar o dia a dia e proteger seus cães e gatos durante o Verão.

Tosa em dia: A infestação de pulgas e carrapatos costuma aumentar nessa época, devido ao clima como um facilitador. Mantenha atenção redobrada e mantenha a tosa do cão em dia. A pelagem curta dificulta a ação dos parasitas, além de deixar o animal menos exposto ao calor.

Atenção aos horários de passeio: Não saia para passear durante os horários de pico de sol. Procure sair com seu amigo no início da manhã, final de tarde ou noite. Mesmo ao final da tarde, teste a temperatura do asfalto para conferir se o mesmo não está muito quente. Leve também uma garrafa de água e ofereça ao animal durante o passeio, ele também precisa se hidratar.

Jamais deixe seu pet dentro do carro: Por mais que seja comum sair de carro com os cachorros, nunca deixe-o trancado no carro caso precise sair em algum momento. As altas temperaturas podem causar uma insolação ao animal e leva-lo à morte.

Protetor solar: Se seu cão tem a pelagem branca ou áreas rosadas expostas sem pelo (como nariz, orelhas ou pescoço), ele precisa de protetor solar. Há tipos exclusivos para cães, fáceis de encontrar em qualquer pet-shop.

Fique atento a estas dicas e aproveite o melhor do Verão ao lado do seu melhor amigo!

Dicas de documentários para apaixonados por viagens

Dicas de documentários para apaixonados por viagens

Já trouxemos aqui no blog dicas de perfis de viagens no Instagram e canais no Youtube sobre o tema. Hoje, indicaremos três documentários/séries (disponíveis na Netflix) para quem ama conhecer outras culturas e não perde a chance de ver imagens de tirar o fôlego. Confira:

The Propaganda Game: Entre no complexo mundo da Coreia do Norte junto a uma equipe acompanhada e monitorada 24hs por dia em sua estadia no local. O filme fala sobre a manipulação da informação através dos olhos do único estrangeiro trabalhando no país.

Anthony Bourdain – Sem Reservas: Confira as aventuras do chef Anthony Bourdain pelo mundo e o acompanhe em suas degustações que não se restringem apenas aos pratos e sim a toda a cultura dos inúmeros locais que ele visita. A série tem duas temporadas disponíveis na plataforma.

Tales by Light : Original da Netflix, a série documental acompanha fotógrafos famosos em suas explorações de lugares remotos. Através do olhar único destes fotógrafos, o espectador pode ver o mundo de uma forma extraordinária, com imagens excepcionais.

Qual a importância da sociabilização?

Qual a importância da sociabilização?

Por Paulo Pinto, adestrador e franqueado da Cão Cidadão

Você está andando pela rua e vê um cão caminhando tranquilamente, passando pelas pessoas, por outros cães e ignorando os barulhos que o cercam. Claramente ele está calmo e seguro.

O caso acima é o sonho de muitos tutores. Mas por que algo que parece tão simples não acontece com você?

Em boa parte das vezes é por causa da falta de sociabilização, ou seja, seu pet precisa se acostumar com as situações do dia a dia.

Com bons treinos, o amigo certamente poderá frequentar restaurantes, shopping, hotéis e praças, fora todos os locais pet friendly.

Treino para filhotes

Quando o pet ainda é filhote a sociabilização costuma ser mais fácil, pois é nesta fase que o animal está aberto a novas experiências.

Com o aval do veterinário, você pode levar o peludinho passear na casa de amigos, parques (no colo ou após o período de vacinação), dar voltas no carro, levar visitas em casa, deixar que ele se relacione com outros animais (com boas condições de saúde e devidamente vacinados), enfim, o cão precisa ter contato com o mundo para não ter medo. Além disso, é importante que ele saiba que as pessoas são diferentes: mostre alguém de chapéu, com guarda-chuvas, bengalas ou skates.

Muitas vezes, também cometemos o erro de só levar o filhote ao veterinário para consultas. Com isso, o peludo fará associações negativas com o local e tende a dar trabalho mais para a frente. O ideal é levá-lo passear e se divertir em clínicas e em pet shops também. Essas voltas deverão dar uma outra perspectiva ao animal e fazer com que ele goste desses locais.

Com isso, seu amigo crescerá acostumado com sons, lugares e pessoas diferentes.

Treino para adultos

Apesar de ser mais fácil sociabilizar um cão filhote por conta da sua curiosidade natural, realizar este treino com um já adulto é possível e é recomendado. Veja!

Treine alguns comandos com pet dentro de casa, depois vá para ruas calmas e repita o treinamento. Isso fará ele prestar atenção em você em diversas ocasiões.

Aos poucos, leve-o para próximo do objeto ou do local que ele tem medo, repita o treino e só se aproxime mais se ele estiver conseguindo executar o comando.

A medida que você for fazendo isso com o seu amigão em diversas ocasiões e locais ele ficará mais confiante, pois saberá que você sempre o protegerá e que ele está seguro.

Com esses passos simples você terá um companheiro para as horas mais legais do seu dia. Caso precise, conte com a ajuda de um profissional em adestramento.

Boa sorte!

Três destinos imperdíveis para seu Réveillon

Três destinos imperdíveis para seu Réveillon

O Réveillon está chegando e para aqueles que não pretendem passar a virada do ano no Rio de Janeiro, ainda dá tempo de planejar sua viagem de fim de ano e escolher o seu destino. Trouxemos três locais perfeitos para a data, com ótimas atrações em sua programação oficial.

Porto Seguro: A cidade está entre uma das mais procuradas para viagens de fim de ano. Os turistas podem curtir diversos shows que acontecem nas famosas praias da região, como Trancoso e Arraial d’Ajuda. Para quem quer passar a virada do ano com todo o clima que só a Bahia tem, diversos resorts e hotéis que oferecem pacotes especiais para o Réveillon.

São Paulo: A cidade grande também pode ser uma ótima opção para quem quer festejar bastante no Réveillon. A metrópole fica totalmente iluminada nesta época e na noite do dia 31, a Virada Paulista, organizada na Av. Paulista, oferece diversas atrações culturais, se tornando uma das maiores festas de Réveillon do país.

Florianópolis: A capital de Santa Catarina possui diversos restaurantes, bares e quiosques à beira-mar com festas especiais de ano novo, além de atrações especiais da cidade e o tradicional espetáculo de queima de fogos. 

A mágica do enriquecimento ambiental

A mágica do enriquecimento ambiental

Paulo Pinto, adestrador e franqueado da Cão Cidadão

O dia foi corrido! Acordamos cedo, fomos trabalhar, participamos de reuniões, almoçamos, fomos para a academia e, para terminar bem o dia, ainda participamos de um happy hour com os amigos, afinal, também precisamos relaxar e nos divertir. 

Em meio a tantas tarefas, você já se perguntou o que o cãozinho está fazendo? Bom, com certeza isso não é problema, pois o pet tem muitos brinquedos. Será?

Os passatempos do dia a dia podem não ser atraentes o suficiente para despertar o interesse do nosso peludo durante um dia inteiro. Mas existe um jeito de mudar a situação: “enriquecimento ambiental”.

Essa palavrinha mágica significa criar novos desafios físicos e mentais para o nosso amigão, assim ele se ocupará durante o dia e ficará muito mais feliz na nossa ausência.

Mostre ao animal

Alguns brinquedos são bastante interativos, mas é preciso ensinar o pet a se divertir com ele. Estimule a curiosidade e a vontade dele em fazer tais atividades, mas sempre respeitando suas limitações.

É interessante que no começo os desafios sejam fáceis, de forma a estimulá-lo.

No mercado pet existem muitos tipos de brinquedos interativos. Normalmente, eles vêm com um espaço para o tutor colocar ração ou petiscos. Deixe alguns espalhados e escondidos pela casa.  O seu pet os procurará farejando e depois terá o trabalho de tirar a recompensa de dentro deles.

Outra alternativa é pendurarmos esses brinquedos para que, com o vento, se mexam e estimulem o amigo a brincar. 

Se você gosta de trabalhos manuais poderá criar os próprios brinquedos tornando o desafio mais interessante ainda.

Vamos fazer?

1.     Pegue uma garrafa PET vazia e remova a tampa e os rótulos.

2.     Faça furos na garrafa com uma tesoura, de forma que os petiscos passem com certo grau de dificuldade (o desafio é tirá-los de lá).

3.     Coloque petiscos dentro e chame o amigo para brincar.

No começo, role a garrafa suavemente de forma a não assustar e a mostrar que cai biscoito dali de dentro. Depois, o peludo vai entender como funciona e passará um bom tempo tentando alcançar as tão desejadas guloseimas!

Simples, né? Então, nada de deixar o amigo entediado!