Que tal participar de um jantar totalmente sensorial e no escuro?

Que tal participar de um jantar totalmente sensorial e no escuro?

Imagina ter a oportunidade de participar de uma experiência gastronômica totalmente sensorial? É isso que o Jantar no Escuro oferece em evento que terá a sua próxima edição no dia 5 de setembro. O Ateliê No Escuro realiza eventos sensoriais há nove anos em diversos espaços. Os participantes das experiências têm os olhos vendados e podem desfrutar de diversas sensações, provindas de diferentes estímulos: aromas, texturas, sabores, sons… Com os sentidos aguçados, a vivência se torna muito mais profunda.

A próxima edição do jantar tem como tema o norte do Brasil. O menu, a música, os aromas e as texturas são totalmente inspiradas na região e suas características como os ritmos populares, a mata, as águas etc. Tudo é pensado para proporcionar uma imersão profunda aos participantes.

As reservas já estão abertas e o preço é de R$250 por pessoa. E aí, quem tem curiosidade de participar dessa experiência?

Jantar No Escuro – Noite do Norte

Onde: Casa Ruah – Travessa Pepe, 60 – Botafogo

Quando: 5 de setembro, 20h

Preço: R$250 por pessoa

Reservas e mais informações em www.atelienoescuro.com.br

Já pensou em passar uma hora no escuro?

Já pensou em passar uma hora no escuro?

Diálogos no Escuro - Crédito: Divulgação

Depois de passar por 39 países a exposição “Diálogo no Escuro” chega agora ao Rio de Janeiro com um conceito simples: ela divide grupos pequenos em visitas pré-agendadas, conduzidos por cenários em total escuridão por um guia deficiente visual em passeios que duram de 45 a 60 minutos. Diálogo no Escuro é uma verdadeira inversão de rotina, onde aqueles que enxergam se encontram fora de sua zona de conforto, enquanto os guias cegos indicam com segurança como devem se orientar em um mundo sem imagens.

No Rio, a exposição foi pensada para que a cidade possa ser sentida de outra maneira, misturando aromas, sons, ventos, temperaturas e texturas. Diálogo no Escuro foi idealizada pelo filósofo alemão Andreas Heinecke, que mudou sua maneira de ver o mundo dos deficientes após uma experiência com um jovem jornalista. Os agendamentos podem ser feitos pelo site: www.dialogonoescurorio.com.br. O que acha de experimentar?

Pin It on Pinterest